jun 172013
 
Mudança de estratégia

Mudar a estratégia para ganhar a guerra

Como também sou professor estagiário da escola-campo, notei as dificuldades dos discentes com a matemática, logo ensino frequentemente um discente sobre maneiras alternativas do ensino de matemática mediante os artigos publicados em área da matemática. Onde expressar ideias matemáticas contextualizadas é muito oportuno para estimular o raciocínio do discente.

As atividades se tratavam de geometria plana voltada para o teorema fundamental de Pitágoras, explicitei este conteúdo de maneira mais informal assim como apresentado na geometria plana em que o desenho descreve a realidade das somas das áreas dos catetos onde são iguais à área da hipotenusa.

Depois de ter executado as atividades do livro, o discente estava jogando xadrez comigo para se atentar e ficar mais veloz no raciocínio lógico e criativo, pois além de exercer grande lógica interna do jogo, o xadrez manipula várias possibilidades de se alcançar uma jogada eficiente e finalizar com o triunfo do jogo (cheque-mate). Então a cada partida o discente aprende uma nova estratégia de movimento posicional das peças do tabuleiro.

Usualmente as jogadas de xadrez herdaram o incentivo inicial do planejamento elaborado e orientado pela aprendizagem nos jogos lúdicos de matemática em que fazia parte uma equipe do Pibid bem no começo do semestre deste ano, daí ficou esse discente interessado em continuar o jogo, depois mesmo do projeto ter expectativas para atender uma massa relevante na escola.

 

Desculpe, o formulário de comentários está fechado no momento.